Foto em preto e branco da igreja do Largo de Moema em 1960

Dedinho de história do Parque Ibirapuera

Crédito da imagem de capa: br.pinterest.com/google/ “nenhuma violação de direitos pretendida”

História do Parque Ibirapuera e arredores: junção dos bairros Jardim Lusitânia, Moema e Indianópolis

Para falarmos um pouco sobre a história do Parque Ibirapuera, começaremos pelo bairro, que teve início em 1913, com o loteamento de uma área de 184 alqueires, por Fernando Arens Jr., mas não fez o sucesso esperado até a década de 1960, quando o prefeito Faria Lima retirou os bondes que vinham da Vila Mariana e faziam de Moema seu ponto final. 

A partir de então, a população começou a crescer, as construtoras a se interessarem e investir nos grandes terrenos planos por bons preços. No clima agradável, o bairro ganhou o Shopping Ibirapuera, e começou a florescer. 

Até então, toda essa região era conhecida como Indianópolis, mas lá pelos anos 1987, por conta do crescimento imobiliário, a população fez um abaixo assinado pedindo a mudança do nome, que foi aceita pelo prefeito Jânio Quadros.

O bairro foi batizado de Moema, em referência ao personagem do poema Caramuru, de Santa Rita Durão. Moema, em tupi antigo mo’ema, significa mentira (no poema uma referência à amante rejeitada, ao amor falso).

Foi assim que o bairro Moema entrou para a história do Parque Ibirapuera, que até hoje, conquista o coração de muitos visitantes e é claro, atrai diversos moradores.

Imagem preta e branca de bonde no Parque Ibirapuera
A estação final da linha do bonde Vila Mariana-Moema.
Crédito: vivamoema.com.br/google/ “nenhuma violação de direitos pretendida”
Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami