Highlights
O que rola de especial por ai

As praias da Barra da Tijuca

Mesmo com seus 16 quilômetros de areia e mar, e as praias da Barra da Tijuca como as grandes estrelas, existem outros points que são show! 

O point mais concorrido, todo mundo sabe, é o do Pepê, que fica num trecho que vai do quebra mar até a barraca do Pepê. Ele é um dos charmes que irão te ajudar a aproveitar a Barra da Tijuca

Tanto esse trecho de praia, quanto a avenida, ganharam o nome em homenagem a Pedro Paulo Guise Carneiro Lopes. O atleta que trocou o surfe (era fera no esporte) pela asa delta; foi campeão, e morreu em um acidente ao ir competir no Japão. 

Pepê praticamente inventou a venda de “sandubas” e sucos na praia, isso por volta dos anos 80, e sua barraca é pura ferveção! 

Em frente a barraca fica o melhor lugar para um mergulho tranquilo no mar. Esse trecho de areia é perfeito para correr e caminhar à beira mar, tem uma ciclovia massa para pedalar e é o trecho perfeito para os esportes como surf, windsurf, bodyboard e kitesurf. 

Uma dica: não deixe de ir ao Bar do Oswaldo e conhecer suas famosas batidas desde dos anos 1970.

Monumento em Barra da Tijuca
Monumento em homenagem ao Pepe
Créditos: google/orladorio.com “nenhuma violação de direitos pretendida”.

Vamos às praias da Barra da Tijuca…

A praia top secret (praia do secreto) é da Reserva de Marapendi, que fica entre as praias da Barra e do Recreio. São oito quilômetros de águas claras e limpas, sem a presença de muitas pessoas, um verdadeiro paraíso! 

Case de sucesso de preservação, a praia top secret e a Prainha, no Recreio, receberam distinção da Fundação para Educação Ambiental — organização ambiental com sede em Copenhagen, na Dinamarca. Outro diferencial dessas praias é que elas oferecem poucas vagas de estacionamento, o que garante tranquilidade na areia e no mar.

Visão aérea da Barra da Tijuca
Visão maravilhosa
Créditos: Diego Thomazini “nenhuma violação de direitos pretendida”.

E tem mais para descobrir dentre as praias da Barra da Tijuca… a Praia da Joatinga, charmosa e pequenina, com só 300 metros de areia, escondida entre morros e com acesso apenas por um condomínio. É preciso levar água, guarda sol e checar a maré para poder ir. 

Ainda há as opções da praia do Recreio e suas ondas perfeitas para surfe; do Pontal, que soube manter as tradições caiçaras, com barracas com peixe fresco; Gigóia, Macumba e Abricó, essa última é a única onde o nudismo é permitido, mas só tira a roupa quem quer.

Você também pode gostar

Compare listings

Comparar
plugins premium WordPress