Sustentabilidade: mãos segurando pequenas plantas

Sustentabilidade é lei na Reserva Pituba

A sustentabilidade é leia na Reserva Pituba e vai além dos cuidados e preservação da mata, de acordo com a regulamentação do Instituto Chico Mendes

Alagoas conseguiu zerar, em 2020, o desmatamento do quinhão de Mata Atlântica que lhe cabe, segundo dados do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL).

A conquista se deve, também, aos cuidados que os proprietários da área, Thereza Collor e Gustavo Halbreich, sempre tiveram com sua Reserva na praia do Pituba, que vai além da preservação e do cuidado, e beneficia o replantio de espécies, bem como sua catalogação, sempre seguindo a regulamentação do Instituto Chico Mendes. 

Preservação ambiental e catalogação das espécies locais.
Créditos: acervo de fotografia de Thereza Collor

 

Preservação ambiental e catalogação das espécies locais.
Créditos: acervo de fotografia de Thereza Collor

O condomínio e hotel Reserva Pituba está cercado pela Mata, portanto, quem lá estiver vai poderá conhecer as espécies de árvores e plantas que já não existem em outros estados menos cuidadosos com seu meio-ambiente.

Os visitantes também vão poder admirar as belezas dos viveiros de árvores, arbustos, plantas e folhagens da região, e se deliciar com os produtos orgânicos cultivados na horta, que irão abastecer os restaurantes do Hotel. 

Viveiros de plantas e flores da região fazem parte do projeto.
Créditos: acervo de fotografia de Thereza Collor

 

Do apiário da Reserva é extraído o mel puríssimo Mel Tuba.
Créditos: acervo de fotografia de Thereza Collor

Sem esquecer a preservação do artesanato local, residências artísticas acontecerão no Centro Cultural com curadoria de Thereza Collor. A riquíssima cultura popular e o artesanato tradicional alagoense terá seu próprio território dentro do Centro de Atividades Culturais da Reserva Pituba, com exposições e cursos. 

“São mais de 25 manifestações, como os folguedos, pastoril, quilombo, reisado, bumba-meu-boi, guerreiro, coco de roda…”, informou Felipe Camelo, alagoano, jornalista, diretor de novelas e colunista na Gazeta de Alagoas.

Oportunidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami