Highlights Clube Pinheiros

A High chama de Clube Pinheiros todo o bairro que se espicha da R. Groenlândia até a Marginal Pinheiros, alcançando desde a Av. Rebouças até Av. Cidade Jardim, apesar da maioria conhecer essa área com dois perfis bem distintos como Jardim Paulistano.

O lado entre as Al. Gabriel Monteiro da Silva e Av. Rebouças, têm casas grandes, muito verde e praças. O trecho que vai até a Av. Cidade Jardim, é ocupado por edifícios de alto luxo, com apartamentos enormes e confortáveis. 

O bairro foi criado a partir das chácaras das famílias Matarazzo e Melão, após os anos 1920. Quem por lá morava, nas décadas de 1950/60 se lembra das brincadeiras de rua, meninas brincado de saquinho, pulando amarelinha. 

Os meninos se arriscavam mais longe, para ir jogar bola nos campinhos onde hoje está o Shopping Center Eldorado.

Na parte ocupada por casas, os córregos foram aterrados, as ruas bem pavimentadas, muitas praças tranquilas foram criadas (como a Coronel Pires de Andrade ou a Guilherme Kawall).

Além disso, ruas como a Campo Verde, a Jacarezinho, a Ceilão e a Ibianópolis estão entre as mais caras da cidade, com moradias espetaculares. Do lado onde ficam os condomínios e edifícios de alto luxo a pegada é mais cosmopolita. 

Os dois lados do mesmo bairro estão muito bem servidos: 

  • Av. Faria Lima com tudo o que ela oferece; 
  • Dois shoppings, o Iguatemi e o Eldorado; 
  • Dois clubes, o Pinheiros e A Hebraica; 
  • Bares e restaurantes de rua (para não falar dos que se encontram nos shoppings);
  • Uma unidade do HCor, no famoso edifício Dacon, e é aqui que ficam os consulados da Alemanha, da Holanda e de Bangladesh. 

É só escolher: casa ou apartamento?

Na esquerda, praça Coronel Pires de Andrade. Na direita, Praça Guilherme Kawall, atrás do Shopping Eldorado.
Créditos: Foursquare City Guide

Clube Pinheiros: o bairro com dois clubes

Os clubes do bairro Clube Pinheiros são os dois maiores da cidade. O Esporte Clube Pinheiros, renomado formador de atletas, e A Hebraica, de perfil mais cultural e artístico.

O Esporte Clube Pinheiros é um espetáculo a parte. Fundado no final do século 19, ele ocupa uma área de 180.000m2, sendo que 80.000m2 são de área verde. 

O maior clube poliesportivo da América Latina, é reconhecido como um formador e mantenedor de atletas de alto nível, responsável por 12 medalhas olímpicas. 

Também não pode-se esquecer a cultura e o lazer, oferecendo uma variedade de atividades sociais, esportivas e culturais para seus sócios, atletas e convidados. Se você pensar em esportes, a lista é imensa. 

O mesmo acontece com as atividades específicas não competitivas e os cursos. Restaurantes, bares e lanchonetes, localizados em pontos estratégicos são vários, é só escolher o que você quer comer. 

Beleza e bem-estar? De barbearia à sauna, salão de beleza, massagens. E tecnologia de ponta em todos os seus serviços. Uma de suas metas é chegar a 2030 como um oásis em meio ao concreto da cidade e referência de ética, responsabilidade social, ambiental e econômica.

Na imagem da esquerda, lago do Clube Athlético Pinheiros. No centro, parque aquático externo. Na direita, viveiro de araras.
Créditos: ecp.org.br

Quase que colados um no outro, a Hebraica é um clube social, cultural, recreativo e esportivo, considerado uma das grandes instituições privadas da comunidade judaica no Brasil. 

Sua história data de 1953, quando foi fundada a associação civil por membros importantes da comunidade. Dois anos mais tarde, foi lançada a pedra fundamental da construção da primeira sede, em um terreno de 29.000m2, de frente para o rio Pinheiros e a rua Hungria. 

Mais dois anos se passaram até que o famoso arquiteto modernista Gregori Warchavchik entregasse a sede original pronta. 

Décadas mais tarde o clube ganhou mais espaço (hoje são 55.000m2), uma nova sede seguindo os preceitos arquitetônicos de Warchavichik, oito quadras de tênis e seis poliesportivas, quatro piscinas e uma completa área de serviços com academias de fitness, espaço para bebês, praça de alimentação além de lanchonetes, bares e restaurante. 

Consolidou-se como importante um centro cultural, com dois teatros – Anne Frank e o Arthur Rubinstein –, cinema, galeria de arte, a apresentação de concertos internacionais, do festival de Cinema Judaico, e mostras na Galeria de Arte que enriquecem o panorama cultural da cidade.

A Hebraica oferece, também, 20 modalidades esportivas, cursos variados, uma programação after school para os jovens, a escola Alef Peretz, com ensino fundamental e médio. E muito mais.

Na esquerda, o clube A Hebraica visto do alto. Na direita, detalhe da estrutura tensionada que cobre o bar.
Créditos: nelsonkon.com.br

 

Na esquerda, o terraço da sede, formado por uma estrutura tensionada, onde está o bar da piscina. Na direita, quatro piscinas formam o Centro Cívico.
Créditos: google.com.br/nelsonkon.com.br e baressp.com.br/google

Os shoppings do Clube Pinheiros

Como não falar dos shoppings do Clube Pinheiros? Shopping Center Iguatemi, o primeiro a abrir as portas na cidade, e Shopping Eldorado, o terceiro. Concorrentes? Não. Complementares 

O Shopping Center Iguatemi a maioria conhece. É o primeiro do Brasil e da América Latina. E, ainda, depois de mais de 50 anos, reconhecido como sinônimo de qualidade e alto-luxo. 

Fachada do Iguatemi, o shopping mais bacana de São Paulo.
Crédito: fmhostel.com.br/google

Não é por menos que grifes internacionais como Louis Vuitton, Hermès, Salvatore Ferragamo, Chanel, Jo Malone, Gucci, Tod’s, Cartier, Tiffany & Co, Rolex, entre muitas outras não menos festejadas, escolheram o Iguatemi para abrir suas lojas. 

Na esquerda, Louis Vuitton – marroquinerie objeto do desejo. Na direita, Zara: quem não ama?
Créditos: br.louisvuitton.com/google e mercadoeconsumo.com.br/google

No decorrer das décadas o Iguatemi foi fazendo pequenas ampliações, e engordando seu mix de lojas e restaurantes como Junji Sakamoto e a Padoca do Maní, sem abrir mão de antigos companheiros como a deliciosa Banca Minoru.

Serviços eles têm todos: dos bancos 24 horas a uma agencia premium do Itau-Unibanco; área Vip e estacionamento, cinemas com salas e projeções de última geração; supermercado Pão de Açúcar especial, a Drogaria Iguatemi e seus produtos exclusivos.

É fácil passar o dia, almoçar, pegar um cineminha, olhar vitrines, levar para casa as gostosuras para o fim de semana, e ainda passar pelo Spa Podologie para sair andando nas nuvens. 

Na outra ponta do bairro, fica o Shopping Eldorado, inaugurado em 1981, em um terreno de cerca de 150.000m2, na esquina da Marginal Pinheiros com avenida Rebouças onde, no passado, a molecada do bairro jogava bola. 

A passarela liga o Eldorado ao outro lado da Rebouças.
Crédito: linkedin.com/company/shopping-eldorado

Um dos maiores centros comerciais de São Paulo, o Eldorado tem 304 lojas espalhadas por vários andares, nove salas Cinemark, o Teatro das Artes, muita diversão para as crianças na Playland, Kidzania, Youplay.

O Terraço Gourmet, que reúne 17 restaurantes e a Praça da Fonte, reduto de fast food, mais 6 lojas âncoras, 7 megalojas, um supermercado, academias de ginástica, espaço para a terceira idade. Impossível não encontrar o que você procura por seus andares. 

Responsabilidade sócio ambiental é prioridade desde 2012, quando o Eldorado criou o projeto Telhado Verde, que transforma cerca de 1 tonelada de lixo orgânico, gerado todos os dias em sua Praça de Alimentação, em compostagem. 

Essas sobras de alimentos recebem um tratamento especial com enzimas, que aceleram a formação do adubo usado na horta plantada na parte superior do prédio. Verduras, legumes, plantas medicinais e essências são produzidos no telhado do prédio e destinados aos colaboradores do shopping. Bela iniciativa.

Atrações nas ruas do Clube Pinheiros

Será que há atrações nas ruas do Clube Pinheiros? A primeira impressão é que, se não for nos shoppings, não há nada no bairro. Uma volta pelas ruas Dr. Mario Ferraz e Arthur Ramos prova que há muita coisa boa por ali.

Restaurantes

L’Entrecôte d’Olivier

O restaurante do padeiro mais transado da cidade fica na esquina da Arthur Ramos com Mario Ferraz. Essa é a primeira casa de Olivier Anquier que tem como carro chefe o prato mais famoso francês: entrecôte

Onde: R. Dr. Mário Ferraz, 17, Tel. (11) 3034-5324

Fachada do L’Entrecôte d’Olivier.
Créditos: guiadasemana.com.br

Corrientes 348

O nome faz referência ao famoso tango “A Media Luz”, e a casa serve as melhores receitas, feitas com os mais famosos cortes e carnes argentinas.

Onde: R. Dr. Mario Ferraz, 32, Tel. (11) 3032-6348

Na esquerda, ambiente agradável e descontraído. Na direita, divertida sala de espera
Na esquerda, ambiente agradável e descontraído. Na direita, divertida sala de espera.
Créditos: baressp.com.br e getinapp.com.br

Ruella Bistrô

Cozinha autoral com pegada francesa contemporânea é a receita que a chef Danielle Dahoui segue, desde 1996, e também em sua terceira casa. Experiemente o Magret de pato ao molho do porto.

Onde: R. Dr. Mario Ferraz, 37, Tel. (11) 3034-3097

Aconchegante Ruella
Aconchegante Ruella.
Crédito: tripadvisor.com.br/google

Cristal Pizza Bar & Grill

Inaugurada em 1981, a veterana pizzaria mantém o mesmo pizzaiolo Edilson, a mesma pizza de massa fina e crocante servida na porcelana (exclusividade), no menu grelhados, beirutes, antepastos. Esperar no bar é um prazer, e não uma tortura.

Onde: R. Arthur Ramos 551, Tel. (11) 3031-0828

Na esquerda, a famosa Margherita. Na direita, antepastos da Cristal.
Na esquerda, a famosa Margherita. Na direita, antepastos da Cristal.
Créditos: facebook.com/CristalPizzaBar/

Padaria

Nova Pão Kent Padaria Confeitaria

Há mais de 30 anos, essa padoca é conhecida pelos sanduíches deliciosos, como o de mortadela com pistache e queijo prato ou o de pastrami, gorgonzola, rúcula e tomate no pão ciabatta, para citar alguns.

Onde: Prof. Arthur Ramos, 223

Tel. (11) 3813-0435

Fachada da padaria Nova Pão Kent.
Créditos: Tripadvisor.com.br

Mercearia

Empório Santa Maria

Tradicional no pedaço, o Empório Santa Maria é completo: sua padaria serve pães feitos com farinha 100% orgânica e sabores especiais; de sua rotisserie saem quiches, tortas, massas, carnes feitos artesanalmente; de sua confeitaria, doces e bolos para adoçar a vida. Vale ressaltar: o brunch aos domingos é imperdível.

Onde: Av. Cidade Jardins, 790. Tel. (11) 3706-5211

Cabeleireiro

Marcos Proença Cabeleireiro

Um dos mais hypados hairstylists do momento, autor das capas das principais revistas de moda e beleza do país, Marcos Proença é famoso suas cores e tesouras mágicas.

Onde: Prof. Arthur Ramos, 395, Tel. (11) 3079-4342

Recepção do salão do hairstylist Marcos Proença.
Créditos: marcosproenca.com.br

Avenida Cidade Jardim: história da Caixa Vermelha

Quem vem do Morumbi e pega a Avenida Cidade Jardim, logo vê, do outro lado da avenida, uma caixa vermelha, que parece suspensa, e nem sempre sabe o que é. Essa historinha vale a pena ser contada, é curiosa e inusitada

Ali ficava a loja Forma, a mais criativa loja de móveis, que comercializava o melhor do design moderno mundial, projetada por Paulo Mendes da Rocha, em 1987. Uma verdadeira obra de arte arquitetônica. 

Pode um mesmo enredo incluir Lina Bo Bardi, Sérgio Rodrigues, Aurélio Martinez Flores, irmãos Campana e Paulo Mendes da Rocha? Mas não se engane com as entrelinhas: o âmago do enredo é a conservação do patrimônio arquitetônico moderno”, escreveu Fernando Serapião em seu delicioso texto sobre a reforma da icônica loja da Forma para abrigar o showroom da Uniflex. 

A frase, segundo o autor do texto, foi ouvida por ele e dita por Aldo Urbinati, que liderava o escritório de arquitetura do Estúdio Tupi, antes de revelar o que iria fazer. O trabalho no interior do templo sagrado da arquitetura moderna, foi executado com maestria

A grande ousadia? Pintar a fachada de vermelho. Um espetáculo. 

Onde: Cidade Jardim 924, tel. (11) 2387-6168

Fachada da loja conceito da Uniflex.
Créditos: Archdaily.com.br/google

Oportunidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami