Jardins aos olhos de Vera Suplicy

Moradora do Jardim Paulista, desde que se entende por gente, Vera Suplicy fala do pedaço que escolheu para chamar de seu.

Vera Suplicy nasceu no Jardim Paulista e passou sua infância no bairro, ela se lembra do bonde que um dia tomou para voltar do Colégio Rio Branco, onde estudava, e mostra os trilhos aparente na esquina da Rua Antônio Bento. 

Casou-se com o empresário Roberto Suplicy (leia-se Bar Supremo, Guéri Guéri, Dry) e continuou morando no bairro. Quando as filhas nasceram, a casa ficou pequena e mudaram-se para outra, poucas ruas adiante. Ela mora nessa casa até hoje, recebe as filhas, os genros, netos e muitos amigos, acompanhada da cachorrinha Laurinha e da gata Mia, que adotou a família Suplicy como sua. 

Como ritual sagrado, Vera Suplicy caminha todas as tardes pelas ruas arborizadas no Jardim Paulista, com o celular na mão, fotografando tudo que vê. “Faço séries”, conta ela, “uma vez são as calçadas, outra os portões, as árvores, os muros, as flores e o que mais me chama atenção, e o público do Facebook”. As fotos são ótimas e ela cedeu algumas para o blog da High.

jardim-paulista-vera-suplicy-gemeos
Um bairro antigo, com jeito de interior.
Crédito: foto Vera Suplicy para High

High: Você mora no Jardim Paulista desde sempre. Sentiu alguma mudança no bairro?

Vera Suplicy: Muito pouco. Algumas casas foram compradas, derrubadas e viraram mansões; outras se esconderam atrás de muros altos e guaritas; existem as que se mantiveram iguais a quando eu era criança. Meu bairro é antigo, uns conservam, outros reformam ou derrubam. Acho essa mistura gostosa.

High: O que você mais gosta no Jardim Paulistano?

Vera Suplicy: O bairro é plano, bom para andar e tem tudo próximo, é só atravessar a avenida, além de estar quase ao lado do Ibirapuera.

High: Alguma descoberta nas suas andanças?

Vera Suplicy: Os trilhos onde a linha 40 Jardim Paulista fazia o balão, foram descobertos por acaso durante uma obra da Prefeitura, e agora ficam à vista de quem passa. Também tem o casarão de esquina com muro todo grafitado, na dúvida sobre quem era o artista, toquei a campainha e descobri que pertencia aos gêmeos.

jardim-paulista-muro-grafitado-gemeos
Muro grafitado pelos Gêmeos.
Crédito: foto Vera Suplicy para High

 

 

Oportunidades

Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami